BLOG

tabula

Tabula Rasa

Série Belga lançada em 29 de outubro de 2017 produzida por Veerle Baetens e Malin-Sarah, fez grade sucesso na Belgica. Em virtude disso a Netflix se interessou na série e trouxe Tabula Rasa para o mundo de streaming. Não teve tantos holofotes em sua chegada, e não se escuta ninguém falar da série, talvez pelo título não chamar muito a atenção escondendo o quanto incrível e a série. Misturando romance policial, terror e muito suspense a série surpreende o telespectador.

Mia (Veerle Baetens) sofre um acidente de carro a causando traumatismo craniano algo que lê deixa com uma triste sequela, a amnésia decrescente, ou seja: Ela se lembra apenas da sua vida antes do acidente, depois disso, ela tem apenas flashes de lembranças, mas que já são esquecidos novamente. Por causa da doença é necessário tomar alguns cuidados, como sempre dirigir com GPS, câmeras são espalhadas pela casa e desenhos que Mia faz para lembrar das pessoas.

Logo no começo da série Mia está num manicômio, pois precisa ser investigada pelo desaparecimento de Thomas De Geest (Jeroen Perceval) testemunhas disseram que da última vez que viram Tom ele estava com Mia, mas ela não lembra de nada. Até o 4 episódio esse é o mistério da série algo não muito interessante. Leva algum tempo para série começar a ficar interessante isso só acontece lá pelo 5 episódio onde ela começa a ter relances de memória e começa a ligar os pontos da trama. É exatamente no final do 5 quinto episódio que a série da uma reviravolta e muda de foco surpreendentemente e nos deixa de boca aberta nos fazendo entender muitas coisas que não notamos até ali. Daí para frente não é mais possível sair da frente da tela, a história fica cada vez mais surpreendente a cada minuto fazendo com que personagem que pareciam importantes saiam de cena e a série começa a focar mais naqueles personagens que não dávamos muita bola.

A série é realmente surpreendente com atuações brilhantes de: Veerle Baetens que interpreta Mia, e Peter Van den Begin que interpreta Van der Hulst colega de Mia no hospício, este é uns dos destaques na minha opinião.

Como não poderia faltar os pontos negativos aí vai: A produção não consegue manter perfeita a situação da amnésia de Mia, pois chega uma hora que ela esquece só o que é conveniente a ela. Como por exemplo: Em momentos da série ela vai se encontrar com Tom e lembra exatamente o lugar mesmo eles tendo combinado o encontro na última vez que eles se viram. E quando ela chega e vê Tom é preciso que ele mostre uma foto do qual ela tem metade para assim ela poder lembrar. Mas isso acontece para que a serie possa andar e de fato não influencia muito na qualidade da mesma.

No geral a série é espetacular e realmente nos surpreende. Super recomendo.

Sem título patrocinador Maycon team-bressan-2
Comente o Post
Post Relacionados